A Conferência Anual de Estudos Conjuntos dos Países de Língua Portuguesa 2019 foi realizada no dia 29 de Outubro na Universidade de Economia e Negócios Internacionais (UIBE). Cerca de 200 representantes, especialistas, acadêmicos, diplomatas e empresários dialogaram sobre o tema "Parceria azul entre a China e os países de língua portuguesa: fortalecer o comércio e o investimento, promover a cooperação da capacidade produtiva".

Em seu discurso, o primeiro embaixador da China na Organização Mundial do Comércio e ex-vice-ministro chinês do Comércio, Sun Zhenyu, disse que, no âmbito do Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, é possível uma construção conjunta da Rota da Seda Marítima no Século 21, na qual é promovida a utilização de recursos marinhos e o desenvolvimento de indústrias marinhas emergentes. O objetivo é acelerar a industrialização e aprofundar a cooperação da capacidade produtiva, impulsionando a cooperação na construção de infraestruturas com base em uma boa interconectividade.

O embaixador da Guiné-Bissau na China, Malam Sambu, disse que seu país sempre considera a China como um parceiro prioritário e espera aprofundar ainda mais a cooperação de benefício mútuo em busca de sinergias entre as estratégias de desenvolvimento de ambos. Ele sugeriu que os países de língua portuguesa continuem confiando no Fórum, introduzindo a velocidade da China.

O evento foi coorganizado pelo Centro Chinês de Estudos dos Países de Língua Portuguesa (CCEPLP) da UIBE e pelo Instituto Internacional de Macau (IIM). 

 

IN China Radio International.

DA0E0F7BF079F46E3767F023668 EECF111B 19210

8F2C9F2017FD958052B8B04706E FE2FEE2E 13DF7

A recente edição do IIM “Área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau – O desafio para o século para Macau” foi lançada ontem no Clube Militar de Macau. As apresentações foram realizadas por José Luís Sales Marques, Fernanda Ilhéu, Francisco Leandro e a coordenação da sessão por Jorge Rangel. As 11 cidades integradas na Área da Grande Baía foram discutidas, numa altura que Macau enfrenta um enorme desafio neste século. O livro é uma reflexão deste importante desafio por especialistas nesta área, com visões independentes dos autores, incluindo o Plano oficial da RAEM neste contexto, durante os próximos anos.

Foi igualmente apresentada a última revista anual publicada pelo IIM “Oriente Ocidente”.

A sessão foi uma iniciativa do IIM, com o apoio do Clube Militar de Macau e patrocinada pela Fundação Macau.

agb1

agb2

agb3

agb4

Realizou-se um serão no dia 22 de Outubro, com lugar no auditório do IIM, para uma comitiva de alunos da Universidade Cidade de Macau. A sessão focou-se nos estudos sobre a Grande Baía e o papel de Macau neste contexto. As apresentações foram feitas por Fernanda Ilhéu, académica e presidente da Associação Amigos da Nova Rota da Seda e também Francisco Leandro, professor na Universidade Cidade de Macau, com a coordenação do serão por Jorge Rangel, presidente do IIM.

St CUM at IIM

St CUM at IIM 2

"Pássaros de Ferro", última obra da ex-professora em Macau Mariana Helena do Carmo, foi apresentado no dia 23 de Outubro na Livraria Portuguesa de Macau. O romance foca-se nos anos 30 e 40 do século XX em Macau, entre histórias, "casos de romances de encontros" e várias personalidades destacadas, numa Macau ainda durante a administração portuguesa. A autora revelou estar a preparar uma nova obra.

As apresentações contaram com o Presidente da Direcção da Escola Portuguesa de Macau, Manuel Machado, a autora do livro e ainda a coordenação da sessão por Jorge Rangel, presidente do IIM.

A sessão foi uma iniciativa do IIM, com o apoio institucional da Livraria Portuguesa e com o apoio da Fundação Macau.

Pass Ferro3

Pass Ferro2

Pass Ferro1

Decorreu no dia 22 de Outubro a ceriónia de inauguração da exposição do concurso de fotografias “A Macau que eu mais amo!”, uma iniciativa conjunta do Instituto Internacional de Macau, em co-organização com a Associação de Fotografia Digital de Macau e Clube Leo Macau Central, e com o patrocínio da Fundação Macau, teve este ano uma participação significativa de jovens estudantes e do público. Cerca de 150 fotografias foram apresentadas a concurso que terminou a 30 de Agosto, visando estimular o conhecimento da população, especialmente entre os mais jovens, das riquezas patrimoniais e das tradições que enformam a cultura de Macau.

Após avaliação dos trabalhos apresentados, foram classificados na categoria de estudante Chao Chi Hun, Wang Jun Jing e Au Ieong Hoi Ian, enquanto que na categoria geral, foram classificados Tam U Hang, Vong Kun Kio e Lei Heong Ieong, nos primeiros lugares, além de uma vintena de obras premiadas com menção honrosa e dum prémio especial apresentado por sócio da Associação de Fotografia Digital de Macau.

Fizeram parte do júri, Tam Keng, Wong Ieng Tac, Kuok Heang San e Yen Kuacfu, a representar a referida Associação, António R. J. Monteiro e Fong Chon Ip, respectivamente em representação do IIM e do Clube Leo de Macau Central.

A sessão de inauguração da exposição contou igualmente com a presença, entre os participantes, vencedores e júris do concurso, a Administradora do Conselho de Administração do Instituto para os Assuntos Municipais, Dra. Isabel Celeste Jorge, o Diretor da Divisão Administrativa e Financeira do Direcção dos Serviços do Ensino Superior, Dr. Chan Ka Hou, o Diretor da Divisão de Equipamentos Educativos da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, Dr. Wong Chio In, o Diretor da Divisão de Desenvolvimento das Artes Visuais do Instituto Cultural de Macau, Dr. Lam Vai Ip e o Presidente da Fundação Rui Cunha, Dr. Rui Cunha. A mostra das fotografias encontra-se no pavilhão Chun Chou Tong do Jardim Lou Lim Ieoc, até ao dia 25 do mesmo mês, diariamente entre as 09:00 e as 19:00 horas.

Macau amo1

Macau amo2

Calendário de Eventos

<<  <  Novembro 2019  >  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930