No dia 30 de Abril foi lançado o álbum fotográfico “Retratos de Luso-Asiáticos do Myanmar”, da autoria de João Palla Martins. O livro inclui textos do Dr. João Laurentino Neves (Instituto Camões) e do Pe. Peter Sein Hlang Oo (Diocese de Mandalay), reunindo cerca de 70 imagens de rostos captados pelo autor junto das comunidades Luso-descendentes do Myanmar.


Publicado pelo Instituto Internacional de Macau (IIM) e patrocinado pelo Camões I.P., este é o segundo número da colecção de Retratos de Luso-Asiáticos, depois do álbum relativo a Macau publicado em 2020. Duas exposições sobre o tema foram igualmente realizadas em 2019: na galeria da Universidade de Aveiro, integrada no II Congresso Internacional “Diálogos Interculturais Portugal-China” e, em seguida, na galeria da Universidade de Macau. Desde 2017 que o arquitecto João Palla Martins percorre vários países, fotografando os rostos das comunidades Luso-Asiáticas com o objectivo de oferecer um olhar sobre estas fisionomias tão peculiares. As fotografias são acompanhadas de ensaios teóricos ou científicos por autores convidados a reflectirem sobre temas como identidade, miscigenação e memória.

A sessão, contou com as apresentações do autor, de João Laurentino Neves, vogal do Conselho Directivo do Camões I.P., de James Myint Swe, autor do livro “Os Artilheiros da Birmânia” e ainda do Pe. Peter Sein Hlaing Oo, que apoiou com textos nesta edição e ainda na tradução para birmanês.


O livro pode ser adquirido no IIM e na sua plataforma online IIM BOOKSHOP.

 

Vídeo do lançamento do livro no canal YouTube do IIM

 

retratos myanmar 4

retratos myanmar 1

retratos myanmar 2

retratos myanmar 3





Uma delegação de seis pessoas da Academia de Ciências Sociais da China (CASS) visitou recentemente o Instituto Internacional de Macau (IIM), no dia 14 de Abril, tendo sido recebida pelo secretário-geral, Rufino Ramos e colaboradores. A Academia que é o think tank do Governo é composto por investigadores e tem por função, entre outras, de conceber a política nacional em relação a diversas áreas, desde a economia à demografia e direito internacional. A delegação era liderada pelo seu Vice-presidente, prof. Cai Fang, e acompanhada pelo director do Instituto de Economia e Política Mundial, prof. Zhang Yuyan, tencionava com a visita obter informações mais actualizadas sobre as actividades académicas e culturais do IIM, particularmente no que respeita ao papel de Macau como plataforma de intercâmbio económico e comercial entre a China e os países de língua portuguesa.


O secretário-geral do IIM no briefing de boas-vindas descreveu a natureza, âmbito e actividades realizadas pelo IIM, contando vários projectos de colaboração com a CASS. Apresentou várias publicações e as iniciativas tomadas para informar o público, em Macau e no exterior, sobre Uma Faixa, Uma Rota e a área de Grande Baía e perspectivas de desenvolvimento. Salientou o IIM como uma instituição para a promoção do legado cultural de Macau e, com o continuado apoio do Governo da RAEM, espera poder desenvolver melhor o seu papel de ponte de ligação entre a China e os Países Lusófonos. Por fim, ressalvou que o IIM poderá prestar apoio logístico a investigadores do CASS que venham a Macau.


O prof. Cai Fang expressou gratidão pela hospitalidade tendo o prof. Zhang apresentado o trabalho desenvolvido pelo Instituto de Economia e Política Mundial da CASS. Ambas as partes mostraram-se satisfeitas com o nível de cooperação alcançado. Através desta visita, o CASS tem esperança de promover futuramente mais intercâmbios de cooperação e expandir o desenvolvimento académico com o IIM.


Por fim, foram trocadas lembranças entre as duas entidades, tendo efectuada ainda uma breve visita às instalações do IIM.

 

 

cass2021 4

cass2021 2

cass2021 6

Artigo: “A Cooperação de Defesa da CPLP e a presença militar Chinesa em África”
Autoria: Tenente-Coronel e Professor Doutor Luís Bernardino

 

Resumo


A cooperação na área da Defesa no quadro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) é atualmente umas das áreas mais dinâmica e melhor organizada no seio da Organização, assistindo-se, desde o seu início, a um crescimento consolidado assente no reforço de uma cooperação bilateral e que pretende contribuir para o reforço da operacionalidade das Forças Armadas dos Estados- membros e ampliar a cooperação no quadro multilateral nos contextos de inserção regional, constituindo-se, potencialmente, como um produtor de segurança e tendo como objetivo para o futuro reforçar a relevância e a presença na segurança em África. Neste contexto, uma cooperação bi-multilateral para o futuro na CPLP implica um reforço da cooperação estratégica com os principais países e organizações presentes em África...nomeadamente com a China. Importa assim neste contexto descobrir quais são as principais oportunidades e os desafios que essa cooperação pode implicar para a Comunidade em prol do futuro da segurança em África.

 

Clicar aqui para acesso ao artigo integral via PDF

 

WhatsApp Image 2021 03 25 at 17.53.01

 

 

No dia 6 de Abril, foi lançada a edição chinesa do livro “Macaense Cuisine – Origins and Evolution”, de António Pacheco Jorge da Silva. O livro, publicado inicialmente pelo Instituto Internacional de Macau e feito e traduzido agora com o apoio da Fundação Macau, tinha sido impresso em língua inglesa em 2016, com uma segunda edição em 2019. Foi distinguido naquele mesmo ano, com o prémio Mundial “Gourmand World Cookbook”, durante o evento a Feira Internacional do Livro em Macau, no Venetian Macao.
 
O livro descreve as origens e a história da cozinha macaense, fundamentalmente o que foi deixado das receitas e das memórias das famílias macaenses, que marcaram lugar antes e após a Segunda Guerra Mundial, momento que marcou a emigração de macaenses pelo mundo fora, hoje considerada a diáspora macaense.
 
Com a intenção de fazer chegar à vasta comunidade de matriz chinesa em Macau, esta edição foi recentemente publicada pelo Macao Daily News (澳門日報), com a tradução efectuada pelo professor Ieong Chi Chau, ex-director de um colégio local, e pela Sra. Iong In Lei. O livro, totalmente ilustrado e com o conteúdo original das edições anteriores referidas, deixa um rico legado da história e das receitas da gastronomia macaense, agora considerada como Património Cultural Imaterial de Macau e num contexto actual onde Macau é também Cidade Criativa da UNESCO em Gastronomia. Lembra-se que, recentemente, foi feito o lançamento de uma base digital de dados das receitas macaenses elaborada pela Direcção dos Serviços de Turismo.
 
O lançamento teve lugar no Pavilhão Polidesportivo do Tap Seac, inserido no programa da Feira de Livros da Primavera do corrente ano. As apresentações foram efectuadas em cantonense pelo secretário-geral do IIM, Rufino Ramos, e pelo tradutor do livro, professor Ieong Chi Chau.
 
O livro, para além de estar disponível no IIM e na sua página electrónica (IIM Bookshop), estará à venda na referida feira, até ao dia 11 de Abril.
 
macaense cuisine chi1
macaense cuisine chi2
macaense cuisine chi3

Na defesa intransigente da singularidade de Macau, no intuito de reforçar o sentimento de pertença, e promover um conceito de identidade radicado nos valores culturais e históricos de Macau, o Instituto Internacional de Macau lança o presente concurso de fotografias. Destina-se a estimular o conhecimento da população, especialmente entre os jovens, das riquezas do Património Cultural, construído ou não, de Macau, e das tradições que enformam Macau.

O Concurso deve retratar aspectos de Macau com os quais o autor culturalmente se identifica e mais estima, designadamente monumentos históricos, e edifícios classificados; manifestações de natureza cultural (conferir lista do património imaterial); hábitos, costumes e crenças; eventos turísticos e festividades populares, tradicionais e religiosas das culturas chinesa, portuguesa e macaense; etc.

Este Concurso é dividido em duas categorias:
► Categoria para Estudantes: para jovens locais que frequentem estabelecimento de ensino primário, secundário e universitário em Macau ou com estudos no exterior;
► Categoria Geral: para os titulares do Bilhete de Identidade de Residente de Macau (permanentes e não permanentes).

 

PRAZO DE SUBMISSÃO DAS FOTOGRAFIAS: 27 DE AGOSTO DE 2021

 

DESCARREGAR Regulamento

DESCARREGAR Boletim de Inscrição

VÍDEO PROMOCIONAL

 

concurso fotos 2021 FINAL

 

 

 

Calendário de Eventos

<<  <  Maio 2021  >  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31