Uma reunião de trabalho sobre Macau como Cidade Criativa de Gastronomia teve hoje (dia 24) lugar, durante a qual foi anunciado o lançamento oficial da Base de Dados da Cozinha Macaense.

Representantes da Direcção dos Serviços de Turismo (DST) e entidades relacionadas do governo, de instituições de ensino, associações da indústria, entre outros, participaram numa reunião de trabalho realizada pelo terceiro ano sobre Macau como Cidade Criativa de Gastronomia, presidida pela directora da DST e ponto focal da RAEM para a Rede de Cidades Criativas da UNESCO, Maria Helena de Senna Fernandes. Marcaram também presença na reunião os subdirectores da DST, Cheng Wai Tong e Ricky Hoi, a presidente do Instituto de Formação Turística de Macau (IFTM), Fanny Vong, a subdirectora da Direcção dos Serviços de Economia, Chan Tze Wai, representantes do Instituto Cultural (IC), da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, do Instituto para os Assuntos Municipais, da Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais, do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, da Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, representantes das associações da área de gastronomia e relacionada, entre outros. Os vários representantes trocaram opiniões sobre o aprofundamento contínuo dos trabalhos relacionados com o forjamento de Macau enquanto cidade de gastronomia.

Página electrónica e sala temática da Base de Dados da Cozinha Macaense lançadas em simultâneo

Durante a reunião, a directora da DST anunciou o lançamento oficial da Base de Dados da Cozinha Macaense. A criação da base de dados é um dos trabalhos de relevo no desenvolvimento de Macau como uma Cidade Criativa de Gastronomia. Através da cooperação com o IFTM, o IC e o Instituto Internacional de Macau (IIM), entre outras entidades competentes, a DST lança agora a Base de Dados da Cozinha Macaense, disponibilizando ao público uma página electrónica, e foi também criada uma sala temática na biblioteca do IFTM, para promover o ensino, a herança e a divulgação desta cultura gastronómica.

Em articulação com os trabalhos de governação electrónica do Governo da RAEM, a Base de Dados da Cozinha Macaense é apresentada em página electrónica e encontra-se disponível na página electrónica da gastronomia (www.gastronomy.gov.mo), cujo conteúdo é em inglês. Actualmente, a base de dados fornece informações sobre 26 livros e publicações principais de cozinha macaense, 19 volumes de manuscritos (fornecidos pelo IC e recolhidos com o apoio do IIM) e 297 receitas (cuja origem é proveniente da página electrónica “Macanese Library Website”, do IFTM e de macaenses da diáspora de várias partes do mundo). A página electrónica da Gastronomia fornece também oito vídeos sobre gastronomia macaense. No futuro, a DST, em cooperação com instituições de ensino e organizações do sector, irá produzir e disseminar mais vídeos sobre a culinária macaense, para divulgar em vídeo, a arte e cultura da comida macaense.

Em simultâneo, a sala temática da biblioteca do IFTM também entra em funcionamento, disponibilizando livros originais e cópias de manuscritos de receitas da cozinha macaense para consulta do público.

Fonte: https://industry.macaotourism.gov.mo/pt/pressroom/index.php?page_id=172&id=3269

20201124223434 15fbd19fa69d3ab

20201124223432 15fbd19f83d860b

edital bolsas

 

Edital de

Seleção de Candidatos a

3 “BOLSAS DE PESQUISADOR JÚNIOR

Características das Bolsas:

  • As Bolsas de Pesquisa, terão a duração de 02 de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2021;
  • As Bolsas serão de R$ 500,00 por mês, cada;
  • As pesquisas abrangerão as seguintes áreas do relacionamento entre o Brasil, China e Macau:

q  Relações econômicas;

q  Relações culturais;

q  Relações históricas;

q  Macau: ponto de encontro de culturas;

q  Macau e o Brasil.

e deverão, obrigatoriamente:

a) abordar e enriquecer, sempre que possível, aspectos relacionados com os países de Língua Portuguesa;

b) utilizar, referir e destacar o acervo da biblioteca do Real Gabinete Português de Leitura;

c) gerar um ensaio de qualidade, destinado a publicação.

Público-alvo:

  • Preferencialmente, estudantes de Graduação ou de Pós-Graduação de Universidades sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

Documentos para Inscrição on line em arquivo PDF :

  • Formulário de dados pessoais preenchido (disponível no site do Real Gabinete Português de Leitura e também em anexo a este edital);
  • Histórico escolar;
  • Projeto de Pesquisa, elaborado em conjunto com Pesquisador vinculado a qualquer universidade do Estado do Rio de Janeiro, à Câmara de Comércio Brasil-China ou outras instituições de ensino superior (RJ), contendo os seguintes itens obrigatórios: Título da Pesquisa, Ementa, Justificativa, Questão teórico-crítica principal, Objetivos, Cronograma, Fontes existentes na Biblioteca do RGPL, Bibliografia;
  • Declaração do Pesquisador-Orientador (Doutor) concordando em orientar a pesquisa e apresentando o candidato à comissão Julgadora;
  • Curriculum-Vitae do pesquisador e do orientador (ou endereço do Curriculum-Vitae Lattes).

Local/Prazo de Inscrição: à somente por e-mail

  • e-mail para envio: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Prazo: até 11 de dezembro de 2020. As inscrições serão recebidas até 22h.

Comissão de Seleção:

  • O Presidente do Real Gabinete Português de Leitura;
  • Representante do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro;
  • Representante do Instituto Internacional de Macau.

Obs: Esta Comissão será igualmente responsável pela resolução dos casos omissos, não cabendo qualquer recurso de sua decisão.

Processo de Seleção e Cronograma:

  • Exame da documentação apresentada;
  • Divulgação dos nomes dos candidatos escolhidos: Dia 23/12/2020.

Compromissos dos candidatos selecionados:

Os candidatos que tiverem seus projetos selecionados, assinarão na Secretaria do Real Gabinete um Termo de Compromisso referente:

a) à entrega de relatórios trimestrais, dando conta da evolução da pesquisa, a serem avaliados, condicionando a continuidade do pagamento da Bolsa;

b) à entrega de relatório final da pesquisa (a ser enviado ao Instituto Internacional de Macau) até 30/12/2021;

c) à exposição pública de resultados;

d) à entrega do ensaio a ser publicado, em suporte digital (Word), até 30/12/2021. O mesmo deverá ter, pelo menos, 35 páginas de texto;

e) à declaração de ser beneficiário da Bolsa de Pesquisa do Instituto Internacional de Macau em parceria com o Real Gabinete Português de Leitura;

f) à declaração de que os direitos autorais para publicação pertencem ao Instituto Internacional de Macau e ao Real Gabinete Português de Leitura.

Rio de Janeiro, 19 de novembro de 2020.

REAL GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA

INSTITUTO INTERNACIONAL DE MACAU

O Instituto Internacional de Macau (IIM) encontra-se na Feira Internacional de Macau (MIF), integrada na Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa (PLPEX) 2020, com lugar no Venetian Macau, nos dias 22 a 24 de Outubro.
A sua localização (H19) promoverá as publicações do IIM, com foco no tema sobre o projecto da Grande Baía e dos países de língua portuguesa.
 
mif1
mif2
mif3
mif4

Decorreu no dia 27 de Outubro a cerimónia de inauguração da exposição do concurso de fotografias “A Macau que eu mais amo!”, uma iniciativa conjunta do Instituto Internacional de Macau, em co-organização com a Associação de Fotografia Digital de Macau, o Clube Leo Macau Central e a Associação dos Embaixadores do Património de Macau, e com o patrocínio da Fundação Macau, teve este ano uma participação significativa de jovens estudantes e do público, tendo recebido mais de 270 fotografias a concurso, findo 28 de Agosto, visando estimular o conhecimento da população, especialmente entre os mais jovens, das riquezas patrimoniais e das tradições que enformam a cultura de Macau.

Foi constituído um júri, composto por Yuen Vai Man, Si Wun Cheng, a representarem a Associação de Fotografia Digital de Macau, António R. J. Monteiro, respectivamente em representação do IIM, Fong Chon Ip do Clube Leo de Macau Central e Ng Chi Wai da Associação dos Embaixadores do Património de Macau.

Após avaliação dos trabalhos apresentados, foram classificados nos primeiros lugares, na categoria de estudantes, Ho Un Kuan, Wang Jun Jing e Wu Sai Hang, enquanto que na categoria geral, foram classificados José Manuel da Costa Giga, Lei Chi Fan e Tam U Hang, além de uma vintena de obras premiadas com menção honrosa e dum prémio especial apresentado por sócio da Associação de Fotografia Digital de Macau.

A sessão de inauguração da exposição contou igualmente com a presença, entre os participantes, vencedores e júris do concurso, o Cônsul-Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, Dr. Paulo Cunha Alves, o Diretor do Instituto Português do Oriente, Dr. Joaquim Coelho Ramos, o Presidente da Assembleia Geral da Associação de Fotografia Digital de Macau, Dr. Yen Kuacfu, o Representante do Clube Leo Macau Central, Sr. Fong Chon Ip, a Vice-Diretora de Relações Públicas da Associação dos Embaixadores do Património de Macau, Sra. Sally, Ng Chi Wai e o Secretário-geral do Instituto Internacional de Macau, Dr. Rufino Ramos.

A mostra das fotografias encontra-se no pavilhão Chun Chou Tong do Jardim Lou Lim Ieoc até ao dia 30 do mesmo mês, diariamente entre as 09:00 e as 19:00 horas, sob as medidas preventivas da pandemia do COVID-19.

 

Macau que mais amo 2020 1 Exposicao 2020

O Instituto Internacional de Macau promoveu uma “Feira do Livro” durante os dias do Festival da Lusofonia, na Taipa, nos dias 16 a 18 de Outubro, nas Casas Museus da Taipa (1º. andar da Casa de Recepções). Estiveram disponíveis, a preço especial, obras publicadas ao longo dos anos, com o apoio da Fundação Macau. Entre as obras expostas, figuraram álbuns fotográficos e publicações sobre a História de Macau, gastronomia, memória e identidade Macaenses e diversos trabalhos sobre o papel de Macau como plataforma de intercâmbio cultural e económico entre a China e os Países de Expressão Portuguesa e o desafio da sua integração na Área da Grande Baía.
 
No dia 17 de Outubro (sábado), no mesmo local, foi também lançado um álbum fotográfico da autoria do arquitecto João Palla Martins que inclui textos, trilingue, da investigadora Sheyla Zandonai, intitulado “Retratos Luso-Asiáticos de Macau”. Este trabalho, seleccionado de um acervo de mais de 500 imagens captadas pelo autor, durante 10 anos, em diferentes locais por onde os portugueses passaram, desde o Myanmar ao Japão, e da Indonésia à Índia, reúne, nesta primeira fase, retratos das fisionomias de luso-descendentes de Macau e de Hong Kong. Duas exposições sobre o tema foram anteriormente realizadas no ano passado, em Maio na Universidade de Aveiro, em Portugal, integrada num Congresso Internacional e, em seguida, na Universidade de Macau, no final do ano. Ambos os autores fizeram a apresentação da obra, no evento, aberto ao público.
 
As iniciativas tiveram a colaboração da Associação de Danças e Cantares Portuguesa “Macau no Coração” e o apoio da Fundação Macau.
 
121643836 3793025527414953 2948789635076280925 n
121699926 3793025367414969 4171928203267087298 n
121607965 3793025607414945 8616533864954936166 n
121618211 3793025310748308 2366449455721858909 n
122034857 3793025420748297 3650986764392758938 n
122257241 675923189957959 6726787827386637517 n
 

Calendário de Eventos

<<  <  Novembro 2020  >  >>
 Seg  Ter  Qua  Qui  Sex  Sáb  Dom 
        1
  2  3  4  5  6  7  8
  9101112131415
16171819202122
23242526272829
30